CONTEÚDO CIENTÍFICO

Acupuntura no SUS

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) constitui um campo de conhecimento na área da saúde, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde – OMS, que vem realizando várias iniciativas...

Acupuntura no Tratamento de Lesões Esportivas

Pesquisas realizadas em diversas modalidades esportivas tais como tênis, futebol, ginástica artística, capoeira, balé e jiu-jitsu, constataram que o desempenho fica comprometido pela presença da dor.

Tratamento da Dor com Laser Acupuntura

Os distúrbios músculos esqueléticos vêm tendo grande aumento nos últimos anos, devido a inúmeros fatores entre ocupacionais e posturais. Muitas vezes, esse tipo de patologia...

CONTATO E LOCALIZAÇÃO


Rua Londrina, 470 - Sala 52

Rudge Ramos

Telefone: (011) 3423-6989

HOMEOPATIA

homeopatia

O QUE É HOMEOPATIA?

É um método terapêutico criado pelo médico alemão Samuel Hahnemann (1755-1843), no qual se recomenda medicações em doses infinitesimais (extremamente pequenas), muitas vezes diluídas e dinamizadas. A homeopatia trata o indivíduo como um todo, tendo em vista suas características físicas, emocionais, energéticas, sua personalidade, hereditariedade, alimentação, particularidades de caráter e preferências que o diferenciam de outros indivíduos. Após uma avaliação muito bem detalhada, é escolhido um medicamento que preencha as características e particularidades daquele indivíduo. A ação dos medicamentos é energética, atua sobre o campo energético sendo captada pelas células físicas que passam a modificar sua bioquímica. O objetivo da homeopatia é acionar a Força Vital para que ela faça o seu papel de harmonizadora de todas as funções e sensações do organismo.

Opositores à Homeopatia não a consideram ciência, entretanto a Física Quântica vem aos poucos descortinando e comprovando as hipóteses de Hahnemann, como os experimentos que comprovam a memória da água. A Homeopatia é uma ciência que trata o ser integral em todo contexto que o rodeia, incluindo o físico, o mental, o emocional e o espiritual.

A Homeopatia é praticada em mais de 80 países. Países como Índia, México, Brasil e Inglaterra, a homeopatia faz parte do sistema público de saúde.

A família real inglesa trata-se com homeopatia desde 1830.

Na Itália a homeopatia é utilizada por 86% da população.

Na Inglaterra 45% dos médicos convencionais encaminham seus pacientes para se tratarem com homeopatia pelo National Health Scheme.

agende sua consulta

Na França 40% da população utiliza Homeopatia, existem 30 mil homeopatas e possui 20 mil farmácias homeopáticas.

Nos Estados Unidos, centenas de milhares de pessoas tomam remédios homeopáticos a cada ano, onde são encontrados livremente em lojas de produtos naturais.

Na Índia 400 milhões de pessoas utilizam rotineiramente a Homeopatia.

A Homeopatia chegou ao Brasil em 1840 com Benoit Jules Mure (Bento Mure, como ficou conhecido no Brasil), um discípulo francês de Hahnemann, desembarcou no Rio de Janeiro e depois instalou-se na Península do Sahy (vale do Itajaí), na divisa do Paraná com Santa Catarina. A medicina oficial não aceitava a nova abordagem, que foi muitas vezes criticada e menosprezada; muitos obstáculos tiveram que ser vencidos, para que a população pudesse ter acesso legal e irrestrito a essa forma terapêutica holística e diferenciada, de mais de 200 anos de conhecimento.

COMO AGEM OS MEDICAMENTOS HOMEOPÁTICOS?

O medicamento homeopático atua sobre a Força Vital, estimulando reações de defesa que mobilizam recursos internos do organismo para promover a homeostase (equilíbrio), aumentam a resistência e fortalecem o sistema imunológico, levando à harmonia física e energética, promovendo a auto cura.

A menor dose dos medicamentos, com tão pouca substância material que a sua pequenez, a mente mais aritmética não pode imaginar, manifesta muito mais força curadora do que grandes doses da mesma substância.

Não é nos átomos desses medicamentos que se encontra a força medicinal que age tão fortemente, mas na diluição e dinamização que aumenta a energia da substância. Segundo Hahnemann, o único e correto método de curar, é a arte pura homeopática; a cura verdadeira, suave, rápida e duradoura. (Organon da Arte de Curar, § 53)

CURA PELO SEMELHANTE

Desde a Grécia Antiga, a Medicina possui duas correntes terapêuticas, fundamentadas no princípio dos contrários e no princípio dos semelhantes.

Em consequência do princípio dos contrários surgiu a chamada “Alopatia” que busca suprimir os sinais e sintomas das doenças com substâncias (sintéticas ou naturais) que atuem “contra” as queixas. Para dor - analgésico, para inflamação - anti-inflamatório, para infecção - antibiótico, para azia - antiácido, para febre - antitérmico, para depressão - antidepressivo, etc.

Baseando-se no princípio dos semelhantes, em 1796, o médico alemão Samuel Hahnemann fundamentou a Homeopatia apoiando-se na observação experimental de que: uma substância que em doses elevadas é capaz de produzir num indivíduo sadio sinais e sintomas semelhantes aos de uma doença, quando transformada em doses infinitesimais (homeopáticas) esta substância, é também capaz, de combater estes mesmos sinais e sintomas no indivíduo adoecido, levando-o ao equilíbrio e saúde.

o que é homeopatia

A medicação homeopática age sobre a energia vital estimulando reações que vão produzir o combate à doença pelos mecanismos de defesa do próprio organismo.

Nisto se fundamenta a cura pelos semelhantes, cada princípio ativo (vegetal, animal ou mineral) que em seu estado bruto produz num indivíduo sadio determinados sintomas, quando trabalhado homeopaticamente será capaz de curar estes mesmos sintomas numa pessoa adoecida.

O homeopata precisa identificar qual substância abrange a totalidade dos sintomas apresentados pelo doente a fim de recomendar o medicamento simillimum.

AS QUATRO LEIS DA HOMEOPATIA

A homeopatia é fundamentada por quatro princípios: lei dos semelhantes, experimentação na pessoa sadia, doses infinitesimais e medicamento único.

LEI DO SEMELHANTES: O princípio da lei dos semelhantes estabelece que uma doença específica pode ser curada pela substância capaz de reproduzir os mesmos sintomas da doença. Ou seja: o que causa mal a alguém “saudável” pode curar alguém doente. Se um veneno produz sintomas como vômitos, a mesma substância homeopatizada (altamente diluída) poderá tratar pacientes com problemas de vômitos recorrentes, e assim por diante.

EXPERIMENTAÇÃO EM PESSOA SADIA: Hahnemann fez muitos experimentos de substâncias em pessoas sadias, a fim de observar e avaliar os efeitos peculiares destas substâncias sobre o estado de saúde físico e mental dessas pessoas. A potência curativa de uma substância reside no seu poder de alterar o estado normal de saúde do homem. Assim, aquilo que pode adoecer, pode curar, quando altamente diluído e dinamizado nos princípios homeopáticos, despertam as propriedades energéticas da substância.

DOSES INFINITESIMAIS: Um exemplo pode facilitar a compreensão: Uma gota de um princípio ativo é diluída em 99 gotas de uma solução de água e álcool a 30%, em seguida é sucussionada 100 vezes para obter 1CH, desta nova substância se retira uma gota que é novamente diluída em 99 gotas de uma solução de água e álcool a 30%, em seguida é sucussionada 100 vezes para obter 2CH. Esta operação pode ser repetida 6, 9, 30, 100, 200 vezes, quantas forem necessárias para se adequar a dose ao indivíduo. Alguns experimentos indicam fenômenos ainda incompreendidos que a Física Quântica pode explicar sobre a eficácia energética dos medicamentos homeopáticos.

MEDICAMENTO ÚNICO: Para poder observar a eficiência da terapia sobre os sintomas do indivíduo, é importante que receba apenas um estímulo de cada vez, para melhor ser avaliado o poder da intervenção aplicada.

QUE DOENÇAS PODEM SER TRATADAS COM HOMEOPATIA?

A homeopatia tem como objetivo tratar o indivíduo como um todo em seus aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais. Dessa forma, todas as doenças podem ser tratadas com homeopatia, de forma preventiva, como tratamento principal ou complementar a outras terapias florais.

Doenças de fundo emocional: Alergias, asma, rinite, bronquites, gastrites, constipação...

Problemas Psicológicos: tensão nervosa, estresse, depressão, pânico, ansiedade, angústia, mal-estar, insônia, falta de concentração.

Distúrbios Metabólicos: obesidade, retenção de líquidos, prisão de ventre, úlcera, cansaço, desânimo, falta de ar, colesterol alto e pressão alta.

Doenças Crônicas: reumatismo, fibromialgia, artrite, enxaqueca, artrose, dores musculares, coluna.

Endócrinos: problemas na tireoide, diabetes e vários tipos de miomas.

Ginecológicos: endometriose, TPM, dismenorréia...

Dermatológicas: eczema, psoríase, dermatites, acne, furúnculos, herpes zoster, verrugas...

Pediatria: otite, resfriados de repetição, asma, bronquite, tosses catarrais, constipação e diarreia...

A medicação homeopática também pode causar danos ao organismo quando mal empregada, devendo-se evitar a auto-medicação ou a prescrição leiga pouco criteriosa. Portanto, é fundamental o acompanhamento para adequação da potência e dose terapêutica que é muito individual.

VANTAGENS DO TRATAMENTO COM HOMEOPATIA

A maior vantagem da homeopatia é não produzir efeitos colaterais prejudicando outros órgãos. Por exemplo, o uso continuado de remédios como anti-inflamatórios e antibióticos geralmente causam problemas de estômago, fígado ou rins, causando dores de cabeça, prisão de ventre e outras reações.

A homeopatia se caracteriza por ausência de toxicidade, atua por meio de estímulo energético e não pelo efeito químico de uma droga, o que faz com que o tratamento seja menos agressivo, pois a formulação desses medicamentos é bastante diluída.

O método terapêutico trata o organismo como um todo, sem se fixar em cada queixa isoladamente, o que diminui o número de medicamentos.

Os tratamentos homeopáticos costumam ser muito mais baratos do que os tratamentos convencionais.

agende sua consulta

A consulta homeopática é mais humanizada que as consultas comuns, e a participação do doente no tratamento é fundamental na observação de seus sintomas e sensações e relato pormenorizado ao homeopata.

Contatos

  • Rua Londrina, 470
  • Rudge Ramos
  • São Bernardo do Campo
  • 11 3423-6989
  • Fique sempre conectado!

    Siga a Acupuntura e Ponto Final nas principais redes sociais e fique sempre atualizado das últimas novidades!

  • © Copyright - Acupuntura e Ponto Final - Todos os Direitos Reservados - 2013